Mountain Bike: 5 dicas de manutenção preventiva para fazer em casa

Manter a bike em dia é um requisito fundamental para pedalar com tranquilidade, seja em provas de mountain bike ou mesmo em pedais leves de final de semana. Por isso, separamos algumas dicas básicas de manutenção que podem ser postas em prática na garagem da sua casa e prolongar a vida útil da sua bicicleta – ou até mesmo quebrar um galho até você poder procurar uma oficina da sua confiança.

1 – Pressão correta dos pneus

Está relacionada ao peso do ciclista e uso que a bike terá. Ao lado do pneu tem as informações sobre pressão máxima e mínima daquele modelo em específico. Contudo, via de regra, o ideal é trabalhar com uma calibragem baixa, variando de 40 a 45 libras num pneu com câmara – ou 45 até 60 num modelo sem. Também atente ao terreno. Em solo arenoso, por exemplo, diminua a tensão em até 3psi, já em piso firme aumente de 1 a 3psi. Lembre-se, ainda, de colocar de 2 a 5psi a menos no pneu dianteiro em relação ao traseiro, o que ajudará a aumentar a aderência em curvas.

Tão básico quanto essencial, cuidar a pressão dos pneus é o primeiro ponto para um pedal tranquilo
Tão básico quanto essencial, cuidar da pressão dos pneus é o primeiro ponto para um pedal tranquilo

2 – Lubrificação da correia

Utilize um óleo específico para o uso, aproveitando as várias opções do mercado. Antes de aplicá-lo, use uma escova para limpar as coroas, correia e demais componentes do sistema de relação, pedalando a bike lentamente com a roda traseira suspensa. Após, utilize o óleo. Passe-o na parte de baixo da corrente, com uma gota por elo.

Regular os raios pode contornar pequenas imperfeições no aro
Regular os raios pode contornar pequenas imperfeições no aro

3 – Alinhamento de roda

Depois de um impacto forte, é comum que as rodas da bike percam seu alinhamento, então uma manutenção simples, através do reaperto de raios, pode ajudar. Posicione um objeto em paralelo com o aro fixamente (pode ser até mesmo uma chave de fenda) e gire a roda lentamente, observando em quais pontos ela se afasta ou aproxima do objeto. Onde se afastar, reaperte os raios do lado externo com uma chave de raio, mas aumente a tensão com cuidando, dando cerca de 1/4 volta em cada raio. Se ainda assim o caro continuar torto, leve a bike até uma oficina para um alinhamento mais detalhado.

4 – Faça o reaperto

Pedras, saltos, costeletas na terra. É natural que a prática do MTB desgaste a bicicleta, por isso, evite sustos. Invista num kit de chaves e faça um reaperto geral na bike periodicamente – até mesmo uma vez por semana, se você pedala com frequência. Tente se informar sobre o torque específico de cada componente da sua bike e haja com cautela, afinal é um procedimento demorado. Nesse check-up, também veja o estado e funcionamento dos rolamentos. Assim, você antecipará eventuais problemas e irá reduzir os riscos de ficar pelo caminho numa trilha ou prova.

Com tempo e calma, reaperte os parafusos das áreas de maior tensão na bike. Também veja como estão os rolamentos
Com tempo e calma, reaperte os parafusos das áreas de maior tensão na bike. Também veja como estão os rolamentos

5 – Limpe a suspensão

Atenção às canaletas da suspensão dianteira. Os amortecedores são lubrificados internamente (por óleo ou graxa) e podem acabar umedecendo as canaletas, que irão reter sujeira e levá-la até a área interna do amortecedor. Essa sujeira costuma se alocar nos selos e retentores da suspensão e, em casos mais graves, pode chegar ao ponto de arranhar as canaletas da suspensão, causando danos permanentes.

Para evitar problemas, limpe a região com um papel higiênico ou pano macio assim que deixar a bike na garagem. Também pingue algumas gotas de óleo no local e faça dois ou três movimentos com a suspensão, fazendo com que o óleo se espalhe pelas canaletas, e em seguida retire os excessos. Faça isso todas as vezes que encerrar seu pedal!

Coloque em prática essas dicas e curta um pedal sem stress! Aproveite para ler os 10 motivos para pedalar mais e, também, as dicas de pilotagem do pentacampeão brasileiro Nataniel Giacomozzi. E lembre-se: quer saber onde será o próximo pedal? Acompanhe a Agenda Off Road – o maior portal de eventos off road do Brasil e fique por dentro das principais provas de MTB que acontecerão pelo Brasil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *