Dicas de pilotagem off road com multicampeão Paulo Stedile

Conhecido por suas conquistas e também por suas lutas no esporte, Paulo Stedile é um dos grandes nomes do motociclismo nacional. Foi o mais novo competidor da história a conquistar o título brasileiro de motocross na categoria MX2, com 17 anos. Também é o piloto com o maior número de títulos nacionais em diferentes modalidades, como velocross, cross-country, supermotard, entre outros. Se tem alguém melhor pra falar de técnica de pilotagem, a gente desconhece! Se liga nas dicas que o piloto passou em entrevista ao blog da Agenda Off Road.

Posição na pilotagem

Uma posição adequada sobre a motocicleta é o princípio de tudo. Quando se está sentando, é importante manter ombros e coluna relaxados. Cotovelos levemente levantados ajudam na absorção dos impactos. Já os joelhos devem ficar firmes no tanque de gasolina. Jamais solte a manopla, deixe ao menos dois dedos no comando. Quando se está de pé, mantenha os joelhos flexionados e as pernas pressionando o quadro. Encaixe bem a bota na pedaleira.

Fazendo curvas

Para quem está acostumado a acelerar no asfalto, saiba que na terra alguns detalhes mudam de maneira significativa. E um deles é o modo de fazer curvas. Se nas ruas você pesa o corpo para o lado da curva, no off road você o joga em direção contrária. Lembre-se, freadas devem ser suaves para que os pneus não percam a aderência no barro. Preconize os freios traseiros, deslocando-se sempre para a frente da moto, encostando no tanque. Uma técnica legal é colocar o pé à sua frente, com a biqueira da bota apontando para cima. Dessa forma, você transfere mais peso para a frente, utilizando-o como apoio, se necessário. A cabeça também deve ficar na linha do guidão. E aquela acelerada na saída da curva ajuda no controle da moto.

Cuidado nas descidas

Ficar em pé nas pedaleiras garante mais segurança na pilotagem ao descer um morro. Como o peso está na frente, lance o quadril para trás, mantendo o equilíbrio. Em trilhas a situação pode ser mais complicada, se não conseguir ficar em pé, jogue o corpo para trás o máximo que puder, ou desça da moto e vire um verdadeiro roia, mas garanta sua segurança!

Subidas

Agora que você aprendeu o que fazer na descida, basta fazer o contrário na subida. Jogue o corpo para frente, colocando o peso na dianteira da motocicleta. Se a inclinação for razoável, acelere para pegar impulso e subir com tranquilidade. A moto pode perder força, então fique atento para a redução da marcha. E lembre-se das primeiras dicas: pés na pedaleira, joelhos fixos no tanque, etc.

Surgiu alguma dúvida? Deixe sua pergunta nos comentários que o piloto lhe responde! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *