Quer se aventurar num ATV? Veja 5 dicas para iniciantes no quadriciclo

Se divertir num quadriciclo é uma opção amplamente difundida mundo afora – e tentadora, especialmente para quem já curte motos e jipes e busca mais uma opção de se sujar na terra. Porém, as características dos quadris exigem cuidados específicos (e essenciais) para uma trilha segura e com riscos mínimos. Então, se liga nas dicas básicas que separamos para iniciantes na modalidade!

O quadriciclo é uma opção divertidíssima para o off-road e não se deixe enganar pelo seu porte, pois 'atolar' não é uma opção
O quadriciclo é uma opção divertidíssima para o off-road. Não se deixe enganar pelo seu porte, pois ‘atolar’ não é uma opção

Quadriciclo: dicas para iniciantes

1 – Antes
É redundante, eu sei, mas informe-se sobre as especificidades do quadri que você está interessado em adquirir e antes de colocá-lo para rodar leia seu manual. É um passo importante para ter mais propriedade sobre o veículo e conhecer as orientações do fabricante específicas para aquele modelo. É uma ação preventiva, que pode lhe evitar problemas primários num futuro breve.

2 – Conheça o terreno
Você lembra a cautela que teve nos primeiros minutos em que pilotou uma moto, jipe ou gaiola? Pois bem, aqui o critério é o mesmo. Comece com cuidado e prefira locais não pavimentados, como estradas de terra, pois há menos grip dos pneus com o solo e, consequentemente, uma possibilidade menor de quedas.

Conhecer o terreno antes de encarar a trilha é essencial - saber onde se posicionar nos facões, também
Conhecer o terreno antes de encarar a trilha é essencial – saber onde se posicionar nos facões, também

Há poucos eventos específicos para quadris, então é provável que em sua primeira trilha você divida espaço com jipes. Neste caso, escolha rodar por um dos lados do facão (os trilhos marcados pelos pneus dos veículos maiores) e mantenha o cuidado. Além disso, confie no torque e poder de tração do seu quadriciclo, mais do que suficiente para lhe tirar de 90% das situações de atoleiro.

3 – Pilotagem I – curvas
O mandamento é o mesmo: cautela. Fazer curvas de quadri e de moto, por exemplo, são ações totalmente distintas, então comece bem devagar e aumente a aceleração progressivamente à medida em que se sente seguro. Tenha em mente que a estabilidade é o ponto fraco dos quadris, então faça movimentos suaves com o corpo até adquirir familiaridade com o veículo de quatro rodas.

4 – Pilotagem II – aclives / declives
Mais uma consequência da estabilidade (a falta dela, no caso) característica dos quadris. Nas descidas, incline o corpo para trás, a fim de centralizar o peso do ATV. Antes, teste seus freios e durante o trecho freie progressivamente, a fim de manter o veículo à mão. Nos aclives, seguindo a mesma lógica, incline o corpo para frente e mantenha cuidado.

Morro acima, diminua as chances do quadri 'empinar' inclinando seu corpo para frente
Morro acima, diminua as chances do quadri ‘empinar’ inclinando seu corpo para frente

5 – Use equipamentos de proteção
Enfim, uma semelhança com motos! Além do essencial capacete, use luvas, botas e protetor cervical. Também busque utilizar uma cinta abdominal, pois é muito comum o piloto se chocar com o guidão do quadri numa queda… e divirta-se! Andar de quadriciclo é uma experiência única e que certamente lhe renderá muitas horas de diversão e contato com a natureza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *